Gestão de conflitos no ambiente escolar

Gestão de conflitos no ambiente escolar

Gestão de conflitos no ambiente escolar

A gestão de conflitos dentro do ambiente escolar é algo que a cada dia requer mais preparo dos professores, coordenadores e gestores das instituições de ensino, de forma a entender, antecipar e responder adequadamente à tipologia de conflitos que surgem cada vez com maior frequência.

Os conflitos existentes dentro do ambiente educacional podem ter origem de outras fontes e não unicamente de dentro da escola. Os indivíduos normalmente trazem para dentro do ambiente de ensino uma carga de natureza social e individual significativa, afinal, as diferenças de interesses, desejos e comportamentos variam de aluno para aluno. Inevitavelmente, o atrito entre tais diferenças surgirão, e cabe aos gestores anteciparem eventuais problemas. É essencial que haja uma capacitação dos funcionários, professores e gestores dentro das organizações escolares, para que todos trabalhem em conjunto com o objetivo de reduzir ao máximo essas situações conflituosas, uma vez que o ambiente escolar desempenha uma importante função formativa na vida de crianças e jovens.

Contudo, é preciso repensar a forma de lidar com os alunos e adotar modelos de gestão que sejam capazes de dar a resposta mais adequada. Ignorar a existência dos conflitos e deixar que a solução ocorra de forma espontânea certamente não é a melhor maneira. Os envolvidos resolvem com seus próprios métodos, resultando, em muitos casos, em diferentes níveis de agressão (física, emocional, moral etc.).

As dificuldades na resolução dos problemas em ambientes de ensino se acentuam quando não há uma estratégia eficaz na identificação, avaliação, resolução e acompanhamento do conflito eventualmente instalado. Delegar aos professores que simplesmente resolvam em sala de aula certamente não é a maneira mais adequada de lidar com as situações. É uma solução incompleta porque, caso ainda haja desavenças entre os alunos, estes irão prolongar o problema. Os gestores devem ser notificados pelos professores sobre os problemas dentro de sala, buscando compreender a fundo as motivações do conflito.

As escolas brasileiras necessitam desenvolver estratégias de gestão para intermediar os conflitos existentes ou em processo de gestação. Uma das formas é a criação de grupos de discussão e análise do tema, com autonomia para propor à escola estratégias e medidas preventivas à instalação de eventuais conflitos. Lembrando que, nesse caso, o discente tem uma participação importante nesse processo, pois, normalmente, ele faz parte do conflito e necessita ser envolvido em estratégias para a solução.

Cabe à instituição escolar intermediar e se fazer presente, com regras, rotinas, disciplina, respeito, recepção e tolerância a fim de, não somente prevenir, mas agir de forma a não negligenciar e menosprezar o conflito. Estar aberto ao diálogo e mediar a situação contribui significativamente para a melhoria das relações.

Matheus Soluções – Sistemas de Gestão Escolar – disponibiliza ao mercado do ensino soluções e ferramentas que podem auxiliar as escolas na melhoria de seus processos e no gerenciamento de informações, incluindo rotinas de acompanhamento pedagógico discente no módulo de Gestão Acadêmica.

Sem comentários

Postar Comentário

Infográfico grátis

5 MELHORES DICAS para SUPERAR a concorrência e CAPTAR mais alunos
Baixar agora
close-link