Ensino estratégico – Instrumentos de recompensa e valorização do estudante

Ensino estratégico: instrumentos de recompensa e valorização do estudante | Matheus Soluções, sistema de gestão acadêmica

Ensino estratégico – Instrumentos de recompensa e valorização do estudante

Está cada vez mais difícil para os professores captarem a atenção dos alunos em sala de aula e articularem atividades para engajar e envolver ativamente o corpo discente. Os gestores podem desenvolver, juntamente com o corpo docente, estratégias de ensino para conseguirem o máximo rendimento escolar dos seus alunos através de atividades extracurriculares que sejam diferentes e desafiadoras.

O nosso cérebro possui um sistema de recompensa, também conhecido como sistema mesolímbico-mesocortical, que está relacionado diretamente com a motivação. Quando nós realizamos algo positivo, as áreas que são relacionadas a prazer e satisfação recebem dopamina, uma substância neuromoduladora que aumenta o bem-estar. Quando somos motivados a realizar atividades estimulantes que nos trarão benefícios, somos motivados a repetir aquela ação para atingirmos novamente aquela sensação positiva.

Aulas que incluam atividades lúdicas, que estimulem a criatividade, a interação social e o “pensar” e que também envolvam novas tecnologias, instigam os alunos a participarem e se envolverem mais porque fogem do comum da sala de aula e oferecem momentos mais desafiadores do que a simples absorção das palavras dos professores. Quando os professores articulam atividades diferenciadas que valorizam outras competências dos alunos, eles se sentirão gratificados. É importante que o corpo docente desenvolva atividades que estejam em um nível de dificuldade adequado ao perfil dos alunos, porque se os desafios forem muito fáceis ou difíceis, o efeito de motivação e satisfação será o oposto.

Mostramos aqui no nosso blog que a geração Z cresceu com a tecnologia incorporada a sua realidade e sente falta dela em meio às suas atividades escolares, mas, muitas vezes, as instituições não incorporam a tecnologia nas aulas e acabam punindo ou até mesmo proibindo o uso de novas tecnologias durante a aula, como o celular ou tablets. Os gestores e professores podem pensar em maneiras de incorporar a tecnologia nas atividades para os alunos conquistarem seus objetivos escolares. Cabe também ao corpo docente valorizar o esforço dos seus alunos com prêmios e elogios para manter a criatividade e satisfação.

A Matheus Soluções – Sistemas de Gestão Escolar – disponibiliza ao mercado do ensino soluções e ferramentas que podem auxiliar as escolas na melhoria de seus processos, no gerenciamento de informações e na inclusão de novas tecnologias nas metodologias de ensino.

Sem comentários

Postar Comentário

Infográfico grátis

5 MELHORES DICAS para SUPERAR a concorrência e CAPTAR mais alunos
Baixar agora
close-link