Benchmarking, sua instituição de ensino utiliza?

Benchmarking, sua instituição de ensino utiliza? - Blog Matheus Soluções

Benchmarking, sua instituição de ensino utiliza?

No mundo dos negócios, uma das perguntas que mais permeia a mente dos empreendedores é como a empresa está se saindo frente à concorrência. Esse questionamento é comum e sadio quando colocado no universo empresarial, visto que para analisar o valor do que é produzido e ofertado aos clientes o comparativo é necessário. Um outro grande questionamento, comum também nas empresas da área educacional, é como se comparar à outra empresa de forma legítima e adequada. Uma solução para todos que procuram essa maneira de investigar o concorrente é o benchmarking.

O que é benchmarking?

O processo pode ser entendido como uma metodologia que é utilizada para buscar as melhores práticas e resultados em um determinado setor do mercado, por exemplo as instituições de ensino. A metodologia tem como fundamento comparar os processos e métricas de desempenho, que são sistemas de medida que quantificam tendências, comportamentos e variáveis do negócio, o que permite a avaliação das suas ações. Resumidamente, o benchmarking é visto como um processo proativo, que busca por melhores práticas e visa beneficiar o consumidor, além de estimular o mercado através da competitividade.

Dentro do conceito do benchmarking é possível mencionar quatro tipos: competitivo, genérico, funcional e interno. O primeiro está relacionado com os processos e gestão das empresas concorrentes, sendo um ponto crítico, visto que as empresas costumam esconder e defender as práticas que as levam ao sucesso. O benchmarking genérico e o funcional tratam de comparar a funcionalidade das empresas. Já o último, toma como referência as práticas e processos de outros setores dentro da própria instituição, para tentar readequá-los e até melhorá-los.

Benchmarking nas instituições de ensino

Para o setor da educação em geral é possível constatar que a prática do benchmarking agrega enorme valor ao estudante e à sociedade como um todo, pois não diz exclusivamente sobre a alocação de recursos financeiros e/ou tecnológicos. Assim, a técnica permite uma análise comparativa das ações e processos que conduzem de maneira mais eficiente as instituições de ensino.

Os autores chilenos Sergio Garay e Mario Uribe afirmam que as organizações produtivas que seguem o caminho da melhoria da qualidade, elevam o nível de seus produtos/serviços e, por consequência, a concorrência do mercado. As organizações educacionais são, em essência, instituições que administram o conhecimento e por isso devem otimizar constantemente seus processos.

A principal contribuição do benchmarking para as instituições de ensino é o aperfeiçoamento da política educacional, objetivando a unificação do aprimoramento e da qualidade do ensino, que resultará na formação de profissionais mais capacitados e comprometidos com a ética.

A Matheus Soluções Sistemas de Gestão Escolar – Há dezenove anos oferece às instituições de ensino, soluções e ferramentas para a melhoria e gestão de seus processos, tornando-as mais inovadoras e competitivas.

Conheça o Sistema Matheus EAD – Ensino a Distância – A melhor e mais acessível plataforma de ensino a distância do Brasil.

Sem comentários

Postar Comentário

Infográfico grátis

5 MELHORES DICAS para SUPERAR a concorrência e CAPTAR mais alunos
Baixar agora
close-link