A convivência entre tecnologia e as didáticas de ensino tradicionais: solução ou conflito?

A convivência entre tecnologia e as didáticas de ensino tradicionais: solução ou conflito?

O uso de novas tecnologias em sala de aula tem sido foco de algumas reflexões por parte dos docentes. Alguns deles sabem que as tecnologias vêm para somar no cotidiano escolar, mas ainda há muitos professores tradicionais que resistem ao uso da tecnologia em suas aulas, causando um abismo no relacionamento com seus alunos.

Com o desenvolvimento da tecnologia, o professor conteudista, o quadro, o giz, os livros e os textos são insuficientes para gerações que nasceram mergulhadas na era digital. Essas inovações permitem maior interatividade e melhor aprendizagem em mentes que cresceram com muitos estímulos e que utilizam a tecnologia constantemente em suas vidas.

Enfileirar alunos durante 50 minutos sem acesso algum a tecnologia pode resultar na falta de atenção e desmotivação, contribuindo significativamente para a evasão escolar. O corpo discente deve sentir que as instituições de ensino estão preocupadas com suas necessidades, que nunca devem ser julgadas como erradas, porque a humanidade sempre evolui e se renova.

Conflito ou solução?

Alguns professores resistem à ideia do uso de tecnologias, sob a afirmação de que elas tomariam o lugar de outros materiais que são importantes para a formação completa dos alunos.

Mas o que estes docentes precisam avaliar é que não se trata de substituir completamente o material físico das disciplinas por outros de caráter virtual, mas fazer com que a tecnologia e a tradição caminhem lado a lado para o benefício dos alunos. A tecnologia é um complemento para as aulas, tornando-as mais ricas e proporcionando um respiro em disciplinas com muito conteúdo. Trocar materiais físicos pela tecnologia seria uma mudança muito abrupta e equivocada, pois as metodologias de ensino não se construíram do dia para a noite.

Não se pode esquecer, também, que os maiores recursos da aprendizagem continuam sendo o aluno e o professor. Uma aula não será possível sem a colaboração entre essas duas partes. Se os alunos não participarem e fazerem as atividades propostas pelo professor, a aula não irá para frente. Se o professor não acatar as opiniões dos alunos e ser irredutível nas suas metodologias, a aula não irá para frente. O ensino se torna raso a medida que professor e aluno se tornam apáticos uns com os outros e não pensam nessa relação como aliança e sim como algo conflitante.

A tecnologia pode estreitar esses laços se for utilizada de maneira sábia. Os alunos, por estarem imersos na tecnologia a todo momento, podem contribuir ativamente para uma aula mais produtiva, ajudando o professor a também imergir na digitalidade. Por outro lado, o professor pode começar a desenvolver aulas que tenham tanto o uso dos materiais físicos quanto da tecnologia, alterando assim o cenário dentro da instituição de ensino e servindo de exemplo para a comunidade acadêmica.

Quebrando tabus

É necessário que o preconceito gerado pela adoção de tecnologias de apoio ao aprendizado em sala de aula deixe de existir, e isso só será possível quando os professores tiverem acesso à cursos de capacitação e que estejam em contato íntimo com tecnologias educacionais, para refletir até que nível elas se encaixam em suas aulas.

O papel do educador, nesse ambiente em que inovações aparecem a todo momento em sala de aula, é de ser um mediador do conhecimento. Talvez por isso alguns ainda não tenham a confiança necessária para dar espaço à essas tecnologias, porque a imagem do professor detentor de todo o conhecimento acabou. Agora, o aluno tem acesso instantâneo a diversas fontes de informação, tendo maior facilidade na busca pelo conhecimento.

Ao acabar com tabus sobre a implantação da tecnologia em sala de aula, os conflitos sobre sua utilidade acabarão, pois o educador saberá exatamente em qual momento poderá utilizar recursos tecnológicos aliados com sua didática.

Matheus

A Matheus Soluções Sistemas de Gestão Escolar – disponibiliza ao mercado de ensino, soluções e ferramentas que podem auxiliar as escolas na melhoria de seus processos de aprendizagem, na gestão de informações e na inclusão de novas tecnologias de ensino em sala de aula.

Sem comentários

Postar Comentário

Infográfico grátis

5 MELHORES DICAS para SUPERAR a concorrência e CAPTAR mais alunos
Baixar agora
close-link